sexta-feira, 18 de novembro de 2011

E eles perderam também!

Achei muito interessante todo o "caso USP". Porque antes somente quem já tinha estudado em grandes faculdades sabia a tristeza que é o "movimento estudantil" lá. Eu mesmo já fui de uma chapa para o DCE enquanto era aluno, e só depois fui perceber que aquela não era uma chapa de estudantes, mas sim de alunos profissionais, que estavam lá para defender a causa do partido que os colocou na universidade apenas e tão somente para isso. Ou seja, eles estavam roubando a oportunidade de um pobre conseguir melhorar de vida, ocupando uma vaga apenas por questões partidárias. Há corrupção pior que essa?
Mas se antes a consciência da sujeira que controla quase todo o movimento estudantil era uma coisa que só ex-universitários sabiam, os rebeldes da USP trouxeram para toda a população. Valeu! Rebeldes de casaco GAP e óculos Ray Ban! Agora todos sabem que a "luta" da parte podre do movimento estudantil é por poder não seguir a lei, por poder se drogar livre e impunemente, por ser contra a polícia e qualquer coisa que coloque regras em cima deles. Regras que ao que tudo indica eles nunca aprenderam a seguir.
Ainda bem que ficou claro para todo mundo também que a grande maioria dos estudantes é séria e estava estudando para as provas do fim do ano enquanto esses politiqueiros faziam invasões, mostrando o quão ditadores que são, não somente indo contra as leis do país mas também indo contra a assembléia de estudantes que decidiu acabar com esse movimento. 

Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário