domingo, 17 de junho de 2012

Lula - o tiro saiu pela culatra - e na cabeça da Dilma!

O Lula criou inúmeras universidades federais e aumentou significativamente o salário dos professores: eu já disse porque não concordei com isso neste post. Eu sabia que isso ia dar um problema de caixa no futuro, mas ajudou muito o Lula a eleger sua sucessora (vide aqui).
Mas de que adiantou esse investimento maciço em educação superior? Hoje, as universidades federais (como a UFABC - também chamada de UFLula - e o campus de Guarulhos da UNIFESP) recém-criadas estão em greve pedido mais estrutura: elas acabaram de ser criadas, não seria razoável imaginar que nada começa perfeito? Cadê a gratidão pelo investimento feito pelo governo nesses novos campi?
Os professores universitários federais com salários os mais altos de muitas décadas, corrigidos de forma generosíssima pelo Lula,  resolveram também entrar em greve. E os alunos apoiam essa greve. Na verdade, não são todos os professores nem todos os alunos: são aquele grupo que usa sindicatos e alunos para promover politicamente os partidos relacionados: mas sobre isso já falei no último post (vide aqui).
Se o governo fosse sério e aprendesse com os erros, veria que recuperar salários ou investir em infraestrutura para os trabalhadores públicos não é algo que valha a pena: eles nunca vão estar satisfeitos. Então, o negócio certo é dar a inflação e deixar eles reclamarem: pelo menos as greves terão algum motivo mais justo!

Veja também:
Bobeiras educativas: o foco nas universidades
Uso político dos sindicatos e da UNE
Sindicatos - Eles são o mal, o lado negro da força!
Política estudantil - a base corrupta do PT
O plano maquiavélico de tomar o poder do PT

A real verdade sobre a "comissão da verdade"
Justiça injusta III - drogas
E a nossa economia, dona Dilma? A coisa tá preta!
Funcionários públicos: direitos e deveres
Professores em greve: que decepção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário