quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

E aí, comeu?

Eu já falei sobre como os homens são no post Homens sinceros e mulheres inteligentes. Mas não sou um grande cronista. E tem coisa que fica muito melhor quando contada em película de cinema.
O filme "E aí, comeu" é um filme incrível e para rir do começo ao fim. É um filme que todo homem, homem macho de verdade, vai amar. Pois se comédias românticas normalmente são feitas para mulheres, e vampiros gays para meninas, esse é um filme que foi feito para homens.
Imperdível
O argumento do filme não podia ser mais simples: três amigos quarentões conversando enquanto bebem uma cerveja no bar. E três homens em um bar só podem estar falando de uma coisa, né? Política! Claro que não... Economia! De forma alguma... Três homens regados a cerva só podem falar de mulher. É óbvio ululante isso.
Homens vão se esbaldar vendo esses caras falando de mulheres o tempo todo. E se atrapalhando para dar desculpas. Sendo até inconvenientes, pois ser 100% respeitoso, educado e sensível é coisa de vampiro gay, não de homem de verdade, né? Sendo, por fim, machistas, mas um machismo mais para engraçado do que para grosseiro ou rude... Além disso, o filme faz questão de mexer com todas as fantasias de homens normais: uma menor ninfomaníaca, uma prostituta, enfim, tudo aquilo que roda em todo sonho de homens normais...
E mulheres inteligentes também devem gostar de ver o filme. Não pelo exemplo de homens, pois não exatamente exemplos de personalidade, embora sejam atores com muito sucesso com o público feminino. Nem pelas situações, pois é um filme feito para agradar homens. Mas se os homens sempre sonham em entender o que passa na cabeça das mulheres e o que elas fazem juntas no banheiro, as mulheres que assistirem esse filme terão uma bela aula de como é a mente de um homem padrão.


Veja também:
O novo cinema brasileiro e o Jabor
Uma elite intelectual idiota
Senna
O discurso do rei
A rede social
Rio
Up
Trapalhões na luta contra a ditadura
Roque Santeiro
A "boa" da terça

Maus programas:
 BBB: a idiotice máxima na TV
A era da fofoca...

Veja também:
Homens sinceros e mulheres inteligentes
A beleza da mulher
A beleza tem que ser decantada: viva Paola!
A beleza é sempre natural

2 comentários:

  1. Ahh eu nao gostei desse filme, bem papo de homem mesmo... chega a ser um pouco machista, mas voce vai reclamar porque vc tbm eh machista hahahahah eu sou feminista entao ... Credo que filme sem vergonha!! hahahahha

    ResponderExcluir
  2. Pena que não rolou o surubex! hahaha

    ResponderExcluir