quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Esquerdistas não aceitam opiniões contrárias

Escuta, gente, eu ainda estou tentando entender... Porque mesmo houve protesto de esquerdopatas contra a blogueira cubana? Vi em matérias que eles a acusam de ser agente da CIA (vide aqui). Não dava para ser, pelo menos, um pouco mais "criativos" na acusação não? Ou menos BURROS? Se ela fosse, realmente, agente da CIA, ela ficaria na moita, passando informações para a CIA, e não criaria um blog famoso mundialmente, não acham? Alguém aí acha que um agente da CIA quer ficar mundialmente conhecido? Ah, francamente...
Ela não fugiu de Cuba. Ela mora lá. Ela apenas não concorda com o governo e se manisfesta de forma pública e honesta em um blog. Que mal há nisso? Liberdade de expressão deveria ser um valor de toda a humanidade, mas parece que tem gente que não concorda, né? Em especial, jovens do PT e do PCdoB que impediram a projeção de um documentário dessa moça.
Eu que já fui simpático aos esquerdistas me envergonho hoje de ver como eles são: um bando que se acha superior, que acha que sabe mais que os outros e que só eles tem a solução para o mundo. Como se acham melhores que o resto da população, eles não concebem a ideia de deixar alguém falar mal do "exemplo máximo" da revolução comunista, na verdade o último exemplo que sobrou: Cuba. É engraçado que os esquerdistas adoram falar mal de Deus, desrespeitando todas as religiões, mas quando o Deus é Fidel, aí são mais dogmáticos do que o mais fiel dos religiosos: de Fidel ninguém pode falar mal. E se falar, é traidor, é agente da CIA, merece morrer...
Bom, mas se olharmos para o Brasil, os esquerdopatas agem da mesma forma, né? Quando eram oposição, eram grosseiros, desrespeitosos, xingavam ao governo e insultavam até o presidente. Quando viraram governo, transformaram o Lula em um Deus intocável: qualquer um que queira questionar a divindade do molusco é um ser desprezível que merece ser calado de qualquer forma. Eles, que antes eram totalmente deselegantes, agora exigem "respeito" ao barbudo chefe da gangue...
Pois é, acredito em políticas sociais e distributivas, sou um ser de convicções de centro-esquerda, mas antes de tudo sou um democrata. Esses ditadores não são em nada melhores que os ditadores de direita: ditadura é ditadura, é sempre um bando de pessoas arrogantes e sem noção que se acham melhores que todo o resto do povo. E por ser democrata, por acreditar em liberdade de expressão, em imprensa livre e em eleiçõe, nunca mais voto em partidos de "esquerdopatas" que não deixam uma pobre blogueira de Cuba expressar suas opiniões.... 

Veja também:
Minha decepção com os petistas
O estudante, o policial e os valores distorcidos!
A derrota do movimento de estudantes da USP
Justiça injusta III - drogas 

Xingu - uma lição de Brasil
PSTU garante solução para os sem-teto de Campinas
O fim de um sonho - PSDB
A verdade sobre o péssimo governo Lula

Nenhum comentário:

Postar um comentário