quarta-feira, 1 de maio de 2013

Viracopos: a vida tem que estar em primeiro lugar!

O Brasil precisa melhorar em muito sua infraestrutura. Hoje isso é o maior gargalo do país E depois do PT criticar por décadas as privatizações, eles precisaram estar no poder para perceber que o estado brasileiro é incapaz de atender essa necessidade. A estrutura que foi criada no nosso país para ações do governo é tão emperrada, tão complicada, que mesmo querendo, o governo não consegue fazer nada sair do papel. Está mais do que na hora de repensarmos muitas das nossas leis e normas, em especial do Tribunal de Contas, que hoje só atrapalha, mas isso merece um post a parte.
Foi entendendo que o país não pode mais ficar parado, que o governo Dilma deu a guinada de privatizações, tão inesperada pela "esquerda" quanto necessária para o crescimento do país e para a geração de emprego aos trabalhadores. E eu fiquei muito feliz ao ver sendo privatizado o Aeroporto de Viracopos, em Campinas: enfim, depois de décadas de promessas, o aeroporto ia crescer. E as obras começaram com força total, o que gerou muitas esperanças de vermos enfim esta cidade ter o aeroporto que merece.
Mas há um mês um operário morreu soterrado nas obras. Após um acontecimento desses, qualquer empresa decente teria feito todos os estudos e trabalhado com o máximo cuidado para não ter outro acidente. Mas ontem, véspera do dia do trabalho e 40 dias depois do primeiro acidente fatal, um novo acidente deixou 14 operários feridos, um em estado grave (vide aqui a notícia). Isso é absurdo! Se um acidente já é tenebroso, acontecer um novo acidente em tão pouco tempo mostra que as construtoras responsáveis não tem a menor condição de conduzir uma obra desse porte e não estão dando a importância devida à segurança dos trabalhadores. É hora do Ministério do Trabalho intervir e interditar essa obra. É hora do governo repensar essa privatização e avaliar a possibilidade de cancelar a concessão, refazendo a concorrência buscando uma empresa mais responsável. O que não pode é o governo fingir que nada está acontecendo e deixar mais pessoas se ferirem ou perderem a vida só para o aeroporto estar pronto na Copa. Será que o Partido dos Trabalhadores vai priorizar a Copa à vida de operários?

PS. um terceiro operário morreu hoje, dia 24/10/2013 (vide aqui). Quantos precisam morrer para o governo tirar a prioridade da copa e colocar na vida?

Veja também:
Parabéns aos trabalhadores
Esquerda usa as "minorias": gays, mulheres, negros...
O PT quer a ditadura: nunca foi tão claro!
Eles são o mal, o lado negro da força!
SindicHatos: inacreditável!
Que tal trabalhar para ganhar?
Salário ou responsabilidade?
Greve nos transportes
Greve ou férias II: o absurdo dos sindicalistas
Greve ou férias?

Nenhum comentário:

Postar um comentário