sábado, 6 de julho de 2013

A esquerda revoltada com as manifestações - como assim?

Um dos pontos mais interessantes dessas últimas passeatas foi ver como os "esquerdistas" se sentiram. Eles ficaram completamente perdidos ao ver o povo na rua, sem ser manipulado por eles e sem levantar as bandeiras deles. Não, essas não foram passeatas por reforma agrária, contra o capital, contra o liberalismo econômico, etc. Foram passeatas contra a corrupção e a incompetência dos políticos, inclusive e principalmente, os políticos do PT, essa falsa esquerda populista.
É muito interessante ver a CUT colocando em sua primeira página que é contra a greve geral, porque greve quem decreta é sindicatos. Vejam bem: a CUT indicou que quem define o que o povo deve fazer são eles e que não é aceitável um movimento que não seja controlado e manipulado por eles. Eles, enfim, deixaram bem claro que não são democráticos. Não esqueçamos que a CUT anda bem menos "radical", dado que tem forte ligação com o governo federal.Por outro lado, a Força Sindical resolveu embarcar na onda e marcar a sua greve geral. Uma greve que pede o fim do fator previdenciário e 40h semanais: nada disso pedido pelo povo que foi na rua.
Movimentos ditos "populares" primeiro tentaram se infiltrar nas passeatas do povo. Mas não era aceitável bandeiras do PT em passeatas contra a corrupção do governo do próprio partido. Aí eles resolveram competir com as passeatas do povo, fazendo um sem fim de passeatas em paralelo: com isso conseguiram dividir as atenções e diminuir a força do povo na rua.
E aí vieram os esquerdistas doentes e sem noção com as interpretações mais idiotas e absurdas do movimento. Entre as abobrinhas que tive que ouvir estão:
- bandeiras nacionais são símbolos militaristas: ah, tá, então o certo é não se sentir brasileiro, o certo é seguir bandeiras vermelhas com foice e martelo? Isso representa mais nosso povo?
- paz é um discurso vazio, com citações a "paz sem voz, não é paz, é medo". Essa frase é linda porque representa um momento do país onde não podíamos falar sobre o que não concordávamos, com medo de represálias. Esse movimento quer paz, mas tem muita voz, teve milhões de vozes na rua falando em alto e bom som sobre suas aspirações. Mas esses esquerdistas não escutam nada que não seja uma referência à Marx, ou a Cuba, né? Se eles tivessem um mínimo de cultura política, veriam que as maiores revoluções do último século foram as lutas contra o Apartheid na África do Sul (liderada pelo Mandela), pela libertação da Índia (liderada por Gandhi, vide aqui) e a queda do muro de Berlim, contra o comunismo: e sabe o que houve em comum com essas três revoluções? Foram pacíficas!
- o movimento é conservador, de direita: ah, tá, então ser contra a corrupção é ser de direita? FAz sentido, porque em toda ditadura comunista, a pequena elite do poder rouba tudo no povo, até a esperança. Entendi!
Enfim, os esquerdistas só falaram asneiras e estão descontrolados com a possibilidade do povo protestar contra eles. Porque eles só queriam liberdade para eles protestarem, mas não é aceitável o "povo" protestar contra eles, que se acham os donos do povo, da sua voz, do seu coração. Enfim, agora, ficou claro que a bandeira vermelha não representa o povo brasileiro, suas vontades e suas necessidades.

Veja também
Gandhi: um filme incrível sobre uma pessoa extraordinária
Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas (RobertoFreire)
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Roberto Freire no Brasil Econômico: Governo Dilma não fala a mesma língua das ruas - See more at: http://www.robertofreire.org.br/site/noticias/item/1954-roberto-freire-no-brasil-econ%C3%B4mico-governo-dilma-n%C3%A3o-fala-a-mesma-l%C3%ADngua-das-ruas#sthash.1FRcCxQb.dpuf
Políticos estão tentando calar a voz das ruas - Acorda Brasil!
Dilma e o padrão Felipão
O discurso da Dilma: não sei se é para rir ou para chorar
Minha visão das manifestações
Protestos, democracia e violência: tentando ver todos os lados
Os protestos: quando não há nada certo! (o primeiro post)
Os professores, os salários absurdos e a infeliz realidade brasileira

O Brasil é a pátria de chuteiras - hipócritas!
Esquerda usa as "minorias": gays, mulheres, negros
O PT quer a ditadura: nunca foi tão claro!
Carta de um policial nos protestos de São Paulo

PSTU garante solução para os sem-teto de Campinas
Muito mais mortes de índios: agradeça ao PT
Por que o socialismo não dá certo?
Em defesa dos direitos reprodutivos das mulheres
O racismo das cotas - por Helio de la Peña
Progresso: homossexuais
E, enfim, o Chavez se calou! 
"Esquerdistas" se tornaram pior que direita
Blogueira cubana: Esquerdistas não aceitam opiniões contrárias
O grande "legado" da esquerda ao Brasil!
Minha decepção com os petistas
A verdade sobre o péssimo governo Lula   


Um comentário: