sábado, 3 de maio de 2014

PT não lutou contra a ditadura, lutou contra o Brasil!

Estou muito cansado de ouvir a ladainha dos PTistas que se acham heróis por "lutar contra a ditadura". Estão tentando, como sempre fazem, reescrever a história, fazer mentiras virarem verdades!
Sempre fui contra a ditadura. Sempre acreditei na democracia. E sempre fui fã daqueles que lutaram pela democracia. Como os corajosos deputados da oposição que nunca se calaram: Tancredo, Ulisses, Covas, por exemplo. Como os artistas que tentavam desmoralizar o governo mostrando as verdades. Como o povo que foi para a rua pedir "Diretas Já". Todos esses lutavam pela democracia e contra a ditadura.
Mas boa parte dos PTistas, e em especial a Dilma, o Dirceu e o Genoíno, não lutavam contra a ditadura. Não precisa ser um profundo historiador para saber disso. É fato, conhecido e divulgado, que eles tentavam criar uma ditadura comunista aqui. Eles não queriam democracia, eles queriam uma revolução através da força e das armas, para implantar a ditadura DELES. A famosa "Guerrilha do Araguaia", com a participação do Genoíno, por exemplo, estava tentando montar um exército para tentar tomar o governo a bala, em uma guerra civil. Isso é ser contra o país e em qualquer país do mundo, democrático ou não, esse povo ia ser combatido pelo exército, como o foi. Se houvesse uma guerrilha agora, a Dilma mandaria o exército em cima, tenho certeza!
Aliás, é fato notório que a Dilma participou de um grupo que fez várias ações terroristas. Em uma jogaram uma bomba em cima de um soldado raso, provavelmente fazendo serviço militar obrigatório, que não tinha nenhuma relação com as decisões da ditadura. O coitado morreu porque na visão desses "comunistas", o fim justifica os meios: ou seja, matar inocentes para implantar uma ditadura comunista vale a pena...
É lógico que ações como essas não derrubaram a ditadura: na verdade, não precisa ser muito esperto para ver que quanto mais ações comunistas apareciam, mais os militares radicalizavam. Nossa ditadura não caiu por causa das ações desses comunistas.  Como a imensa maioria do povo era anti-comunista, ações dos comunistas só davam mais força para a ditadura. A ditadura caiu por dois grandes motivos:
- o primeiro foi quando o povo começou a ter menos medo da revolução comunista e a não ver mais ações violentas da ditadura como sendo justificáveis. A sociedade queria mais liberdade, queria democracia. No início dos anos 80 a oposição já tinha ganho a maioria dos governos estaduais e das grandes prefeituras;
- o segundo foi puramente econômico: nos anos 70 vivemos um "milagre econômico" e com dinheiro no bolso todos estavam satisfeitos. Nos anos 80 mergulhamos em uma inflação alta e crescimento muito baixo: aí, nem população, nem empresários, viam mais vantagens em não ter democracia. E sem apoio do povo e dos empresários, nenhum governo se sustenta.
Quando os militares viram que não tinham mais apoio, entregaram o poder para os civis. Foi simples assim. Não foi com armas, não foi com explosão de soldados e nem com guerrilhas.
Ainda nesta semana vi um PTista falando que por ter lutado contra os militares tem moral para defender a Petrobras. Que absurdo sem tamanho. Os militares fizeram muita coisa errada, mas uma coisa que ninguém pode dizer é que eles não eram patriotas. Eles tinham um plano para um país grande, poderoso. Eles fomentaram a Petrobras e ainda estatizaram vários outros serviços: os militares não eram liberais. Querer dizer que ser contra a ditadura é defender a Petrobras é de uma estupidez sem tamanho!

PS2. Veja aqui uma entrevista do Gabeira, que estava lá junto com essa gente, assumindo a verdade!



PS. Eduardo Jorge, ex-candidato à presidente pelo PV, confirma minha tese.
"Afirmou que na época da oposição à Ditadura, ele e seus colegas do PCBR (Partido Comunista Brasileiro Revolucionário) não defendiam a democracia, mas sim uma outra ditadura, a do proletariado. E não ache você que somente os integrantes do PCBR o faziam. Quem militou pela VPR, ALN e outros grupos e partidos comunistas queria o mesmo, uma ditadura do proletariado. Como o ex-candidato do PV bem disse na entrevista, não acreditavam na Democracia."
 (veja a entrevista completa aqui)

Veja também
Controle "social" da imprensa: outro nome para ditadura
A ditadura PTista controlando as informações
O PT quer a ditadura: nunca foi tão claro!
A real verdade sobre a "comissão da verdade"
Blogueira cubana: Esquerdistas não aceitam opiniões contrárias
A esquerda revoltada com as manifestações


Por que o socialismo não dá certo?
E, enfim, o Chavez se calou! 
"Esquerdistas" se tornaram pior que direita
O grande "legado" da esquerda ao Brasil!
Minha decepção com os petistas
A verdade sobre o péssimo governo Lula   

2 comentários:

  1. "Se houvesse uma guerrilha agora, a Dilma mandaria o exército em cima, tenho certeza!" Pense de novo:
    http://www.istoe.com.br/reportagens/2158_O+BRASIL+TEM+GUERRILHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Diogo, excelente comentário. Neste caso o que eu posso dizer é que muito provavelmente as autoridades nada fazem porque são "simpáticas" ao grupo, no mínimo. Há boas chances do grupo ser fomentado pelos partidos do poder também...

      Excluir