segunda-feira, 27 de junho de 2016

Homens precisam ser machos mas nunca machistas

Acabei de ler dois textos na Folha que me inspiraram a escrever este post.
O primeiro, capa do jornal, mostra que dois terços dos menores delinquentes entre 12 e 17 não tem um pai em casa. E que quase metade nem tem contato com o pai. Desculpem-me, femi-nazis, mas isso mostra uma grande verdade: que é importante, sim, a referência masculina na criação das crianças. Mas, por outro lado, isso também mostra dois pontos que precisamos cuidar, na criação e formação de nossas crianças:
1. para as meninas, precisamos ser ainda mais claros sobre a necessidade de responsabilidade, de não cair em papo de meninos e de se cuidar, prevenindo SEMPRE uma gravidez indesejada. Precisamos mostrar às jovens que sexo tem consequências e que precisa ser feito com total responsabilidade. E deixar claro às meninas que tem muito menino cafajeste e que elas não podem, JAMAIS, fazer algo que pode impactar para sempre a vida delas, baseadas em "promessas" de meninos. Não faz parte da matéria, mas é claro que não "apenas" os filhos abandonados tiveram seu futuro destruído, mas as mães "solteiras", certamente, vão ter muito menos chances de ter uma vida plena, de estudar, de conseguir um bom emprego, etc., graças à essa situação;
2. para os meninos, precisamos educá-los com a clara noção que filhos são responsabilidade deles também. E que a responsabilidade por prevenção não é só das meninas. Pais de meninos não podem ficar orgulhosos de verem eles "pegando todas" e, muito menos, passar a mão na cabeça daqueles que fazem filhos e não querem depois assumir a consequência de seus atos. Se o menino fez um filho, ele é TÃO RESPONSÁVEL quanto a menina e tem sim que arcar com as consequências desse ato.
Enfim, temos que pregar, desde cedo, que os jovens se responsabilizem pelos seus atos. E que PENSEM MAIS antes de fazer algo!

Em outra matéria, o grande Pondé, que muito admiro, cobra mais macheza dos homens. A boa macheza! Homens são mais fortes, foi a natureza que nos fez assim em milhões de anos de evolução. E se aprendemos, com a boa educação, que jamais deveríamos usar essa força com as mulheres, é óbvio que DEVEMOS usar essa força para defendê-las de agressores. Não podemos ignorar nossa força, nos pasteurizar em discursos politicamente corretos, quando o importante a ser feito, em certos momentos, é DEFENDER as mulheres de agressores. Há alguns meses "homens" alemães fizeram uma passeata vestidos de mulheres contra os estupros que as mulheres da sua cidade estavam sofrendo. Além de totalmente inócuo, esse tipo de protesto vai fazer os agressores seguirem com seus atos monstruosos, pois eles, representantes de uma cultura que acredita que mulheres são inferiores e devem ser submissas, cultura que defende que mulheres sozinhas na rua merecem ser estupradas, não vão dar a mínima para homens que se vestem de mulheres. Homens alemães que querem, de verdade, defender as mulheres, tem que acompanhá-las até em casa e, se necessário for, usar sua força contra os monstros que querem estuprar nossas amigas, mães, esposas e filhas. Ser macho, quando precisa ser, não é um ato de machismo, mas uma forma de mostrar que exigimos o respeito às mulheres e que elas podem contar conosco nisso! E mulheres inteligentes sabem que esse papo de "não precisamos de homens" é preconceituoso e sectário, não merecendo ser levado à sério. Todos precisamos de todos nesse mundo!

PS. me lembrei de meu tempo de graduação... Minha melhor amiga, uma linda japinha baixinha, sempre vinha me pedir companhia quando precisava sair de casa à noite, para ir na farmácia ou qualquer outro lugar. E eu a acompanhava, pois entendo que era minha obrigação como homem defender aquela menininha de monstros que andam pela rua...

Leia também
Esquerda usa as "minorias": gays, mulheres, negros
Estupro - a prevenção é importante!
Em defesa dos direitos reprodutivos das mulheres Amor e sexo 
O cinismo da sociedade: pedofilia
 
Homens sinceros e mulheres inteligentes
Ame e dê vexame
O amor não pode ser complicado
Quem te faz feliz?

A beleza da mulher
A beleza da mulher: sereia ou baleia?
A beleza tem que ser decantada: viva Paola!
As coxas e a Juliana Paes

Nenhum comentário:

Postar um comentário