quarta-feira, 6 de março de 2013

Tristeza pela morte do Chorão

Hoje, 6/3/2013, o Brasil perdeu o Chorão. Chorão que era líder do Charlie Brown Jr., uma banda que começou como uma banda de rock de primeira. Chorão que não era santista de nascimento, mas era um santista de coração: sempre que eu o via, lembrava de pessoas como o Ney, que trabalhou com meu pai: aquele povo humilde, rebelde e alegre ao mesmo tempo, malandrão mas boa gente. É uma versão moderna e santista do carioca Bezerra da Silva (vide este post).
Falavam hoje os divertidos comentaristas do quadro "Hora de Expediente", da CBN, que o Charlie Brown é provavelmente a última grande banda de rock do Brasil. E acho que eles estão certos. Tivemos a ascenção do rock/pop com a jovem guarda nos anos 60 e com a tropicália nos anos 70. E a explosão do pop rock brasuca nos anos 80, com todas aquelas bandas inesquecíveis. Nos anos 90 ainda tivemos algumas coisas boas, como Skank, Jota Quest, Pato Fu, e fechamos com os rockeiros do Charlie Brown, Raimundos e a Pitty. Daí em diante, pouca coisa realmente memorável aconteceu.
O Charlie Brown começou com rocks de primeira, mas acabou se deixando pasteurizar e acabou cantando músicas mais pop, com menos identificação com os rockeiros que eles começaram sendo.
Não está ainda divulgada a causa da morte desse quase jovem rebelde (minha idade)! Mas é claro que de alguma forma a droga está ligada a essa tragédia. A droga que alguns insistem em cultuar, mas que eu abomino por nos tirar do convívio pessoas criativas e fantásticas como o Chorão.
Pena, Chorão, que você não tenha mais seu escritório na praia. Vou sentir falta de alguém falando de uma forma tão jovem, irreverente e santista. Escutar você era sempre matar um pouco de saudades da minha cidade. De qualquer forma, você sempre estará presente como um ícone do rock nacional.Já peguei os Cds que tenho do Charlie e vou ouvir hoje: "preço curto.. prazo. longo" e o premiado "tamo aí na atividade".Abaixo dois destaques inesquecíveis

Zóio de Lula - fala tão típica de malandro santista


 Confisco - na minha opinião, uma das melhores deles!

Veja também:
Santos - uma linda cidade e uma grande história
Uma cidade, linda cidade, a minha cidade: viva Santos

Veja também outros que deixaram saudades:
Amy Winehouse - Já era esperado, não há outra saída.
Saudades sertanejas
Os três malandros - saudades
Um país com menos sorrisos (Chico Anisio)
Mário Lago: Um homem extraordinário!
Homenagem aos finados dormindo...
O melhor presidente (Itamar Franco)
Um grande líder (Paulo Renato)
Um exemplo de pessoa (José Alencar)
Um talento único e uma grande vítima! (Michael Jackson)
Trapalhões na luta contra a ditadura
Queen

Nenhum comentário:

Postar um comentário